segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Novo vídeo no youtube

Uma das coisas que mais me entristece quando viajo para treinar o Vitor Belfort, é quando lutadores de outras modalidades (wrestling, jiu jitsu, boxe, kyokushin, muay thay...) me dizem, depois de me verem treinando o Vitor: " karate é muito maneiro! Eu achava uma luta fraca..."

Fico triste não pelo elogio feito, claro. Isso me deixa bem satisfeito, e me dá a sensação de um trabalho bem feito. Mas o que me deixa arrasado é a segunda parte da frase. "eu achava karate uma luta fraca"

Ele não dizem isso com desdém. É apenas uma declaração sincera de lutadores profissionais. Mas por que isso? Será que eu sou o único cara bom de karate? O único que eles acham bom, enquanto o resto é muito fraco?
Claro que não...

O grande problema é essa proliferação desenfreada de federações, associações e organizações que se apropriaram do nome karate. Com isso, criaram-se aberrações: faixas preta que não sabem sequer dar um soco; campeões mundiais que não têm condições de trocar pancada com ninguém; pseudo mestres que pregam mentiras e ilusões.

Se esses lutadores tivessem a chance de ver uma competição com Fábio Simões, César Cabral, Rafael Moreira, Diego Andrade, Wagner Pereira, Zanca, Buzzi, Jean Laure, Ronaldier, Alecsandro Jobson, Vinícius Moreno, Chinzô Machida, Helton Aragão, e tantos outros feras de kumite, com certeza não achariam o karate uma luta fraca. Há ainda muitos outros excelentes em outras organizações sérias que não conheço pessoalmente, mas que elevam o nome do karate. Só para citar alguns de outras federações que não o Tradicional e a JKA: Altamiro Cruz, Alex Piamonti, Shane Dorfmann...

O grande problema é que eles não têm como diferenciar esses grandes lutadores que citei acima, de outros medíocres que por vezes são os fundadores, presidentes e campeões de suas próprias organizações. Com isso o Shotokan fica cada vez mais desacreditado...

Resolvi então fazer um clipe com os golpes mais contundentes que já apliquei em competições - nenhum deles gerou desclassificação - para mostrar a esses meus amigos, e outros lutadores o que é uma competição de karate Shotokan.

Eu preferiria ter feito um clipe com imagens não só minhas, mas de todos esses que citei acima, e ainda Marcus Vinicius, Vinicio Antony, Niltao, Oswaldo Mendonça... mas infelizmente não possuo acervo de imagens desses lutadores.

OSS!



https://www.youtube.com/watch?v=NZjKo7euikM

2 comentários:

boxinglover9 disse...

OT: Hey sports fans, i know this is a bit off topic, but just to let you know Manny Pacquiao will be getting back in the ring with Timothy Bradley this 2016. Fortunately we can still see his training and fights at Manny Pacquiao Video Channel

ANIP INT disse...

Prezado Jaime
Como os demais da minha idade 43 anos, sempre vimos o Karate se destacar do kug fu ou boxe na modalidade luta em pé. Muito forte na modalidade tradicional e muito competitivo na modalidade esporte. Vejo pelo lado que se não houvesse a modalidade esporte, talvez nós não teríamos o prazer de conhecer a arte. Onde está o dayto-ryu ou o motobu-ryu ? somos agraciados por sensei tanaka, uriu, sagara e outros terem mostrado suas técnicas, agora cabe a nós, assim como sensei otsuka, oyama e o proprio giko, não criar outro estilo, mas aperfeiçoar e criar novas técnicas. Um forte Abraço, Estou em Manaus, precisamos de seminários aqui na região, espero contar com os senhores, Eduardo 92 -98149-7724