segunda-feira, 28 de março de 2016

Os dez maiores lutadores de karate do Brasil


Essa lista foi muito difícil de elaborar… eram tantas as opções de grandes lutadores, que ficou dificílimo escolher só dez. Por isso, quem desejar comentar sobre algum grande lutador que ficou de fora, acharei ótimo, para tentarmos fazer justiça a tantos grandes lutadores que trouxeram orgulho para o nosso país.
A ordem em que estão colocados na lista não quer dizer nada. Não há primeiro, segundo, terceiro… apenas os dez mais, em igualdade de grandeza.


Todos os títulos listados serão de kumite individual.


Vou dividir a lista em antes e depois da grande divisão do karate.


Quando o karate era um só, chamado de Geração de Ouro:


Ugo Arrigoni (RJ) 
  • Tricampeão brasileiro, vice-campeão panamericano e vice-campeão mundial. Único brasileiro a vencer um atleta da Seleção japonesa (Yahara, no mundial de 1977, no Japão)
* Seleção Brasileira nos mundiais de 1972 (França), 1976 (Egito), 1977 (Japão) e 1983 (Egito), nos panamericanos de 1973 (Brasil) e 1974 (Peru) e no sulamericano de 1981 (Argentina)


Ronaldo Carlos (RJ) 
  • - Bicampeão brasileiro, campeão panamericano, octa-campeão carioca. Precursor do karate no vale-tudo (mma).
* Seleção Brasileira nos mundiais de 1977 (Japão) e 1983 (Egito), nos panamericanos de 1974 (Peru) e 1978 (Canadá) e no sulamericano de 1981 (Argentina)

Robson Maciel (SP) 
  • - Campeão panamericano.
* Seleção Brasileira no mundial de 1983 (Egito), no panamericano de 1985 (Brasil) e no sulamericano de 1981 (Argentina)


Watanabe (ES) 
  • - Primeiro Campeão mundial da história (1972), vice-campeão panamericano.
* Seleção Brasileira nos mundiais de 1972 (França) e 1977 (Japão), e nos panamericanos de 1973 (Brasil) e 1974 (Peru) 


Dorival Caribé (BA) 
  • - Primeiro campeão brasileiro (1969)
* Seleção Brasileira nos mundiais de 1972 (França) e 1977 (Japão) e nos panamericanos de 1973 (Brasil) e 1974 (Peru) 


Denílson Caribé (BA) 
  • - Campeão brasileiro
* Seleção Brasileira no mundial de 1986 (Austrália)

Paulo Góes (RJ)
- Bicampeão brasileiro, capitão da Seleção Brasileira no mundial de 1972 (paris)   





Juarez Alves (RN)
- Campeão brasileiro de kumite individual 1981
* Seleção Brasileira no Sulamericano de 1981 (Argentina)

Ricardo D’Elia (SP)


Seleção Brasileira no mundial de 1977 (Japão) e nos panamericanos de 1974 (Peru) e 1978 (Canadá)


Fernando Athayde
- Campeão carioca
- Campeão Panamericano
- Participou de dois mundiais
*
Antônio Pinto (MG)
  •  vice-campeão brasileiro
* Seleção Brasileira no mundial de 1977 (Japão), e nos panamericanos de 1974 (Peru) e 1978 (Canadá)


Impossível deixar de citar ainda Ennio Vezzulli (SP), Djalma Caribé (BA), Flávio Costa (RJ), Fernando Soares (RJ), Fernando Athayde (RJ), Antônio Aderne (BA), Johannes Freiberg (SP), Carlos Rocha (SP).


Geração de Ouro, pioneiros que levaram o nome do Brasil às alturas. OSS!

16 comentários:

Claudio Walker disse...

Sei não, mas eu subia o sensei Fernando Athayde para a lista dos dez mais, pois foi campeão carioca, brasileiro e pan-americano. Além disso, seu mestre Takeushi lhe deu sua própria faixa preta, quando voltou ao Brasil.

Visões de um Motociclista disse...

Impossível sensei Carlos Rocha está fora desta lista

Jayme Sandall disse...

É verdade... Foi muito difícil escolher só dez. Mas você tem razão. OSS!

Jayme Sandall disse...

Motociclista, você também está certo. O sensei Carlos Rocha, a quem tenho o prazer de conhecer, foi um ícone do nosso karate. Tinha um mae geri considerado indefensável, além de ser um verdadeiro samurai.

Eduardo santos disse...

realmente não é uma tarefa fácil... mas me parece que esta avaliação se concentrou em comportamento e resultados e não em características pessoais e sim em no desempenho de cada um... é claro que acharemos atletas e lutadores fora de série e que ficaram fora desta lista. Todos sabemos o quanto é difícil se preparar para uma competição, dificuldades materiais, físicas e psicológicas, vence-las dignificam o resultado. belo trabalho. Oss!

Ronaldier Rodrigues disse...

Parabéns pela escolha

Não sei os critérios adotados, mas dois grandes nomes mereciam fazer parte desta seleta lista. Djalma Caribé e Oswaldo Mendonça. Tenho absoluta certeza da dificuldade nas escolhas, mas esses dois monstros sagrados não podem ficar de fora desta relação.

Como sugestão, aumentem para os 20 maiores.

Oss!

Jayme Sandall disse...

Grande Ronaldier! Essa lista é só da Geração de Ouro, o sensei Oswaldo entrará, om certeza, na lista dos dez mais do Tradicional.
O mestre Djalma não entrou porque tentei levar em conta a quantidade dos títulos de kumite individual, e a participação em eventos internacionais pela Seleção Brasileira. Mas vou citá-lo ao final da lista. OSS!

Jayme Sandall disse...

Obrigado Edu! OSS!

Mariella Affonseca disse...

Está faltando nesta lista, Sensei Sohaku Raimundo Bastos, primeiro Campeão Carioca, primeiro Campeão Nacional, terceiro colocado no Campeonato Japonês, e professor de alguns que compõem a lista.

Mariella Affonseca disse...

Está faltando nesta lista, Sensei Sohaku Raimundo Bastos, primeiro Campeão Carioca, primeiro Campeão Nacional, terceiro colocado no Campeonato Japonês, e professor de alguns que compõem a lista.

CPsy Caio Rocha disse...

Acho que ficou faltando o sensei Carlos Rocha, com múltiplos títulos paulista, brasileiro é campeão sul-americano! Oss

Jayme Sandall disse...

Grande Caio, por favor, se possível me envie o currículo do sensei Carlos Rocha
sandalljayme@gmail.com
OSS!

Jayme Sandall disse...

Mariella, sensei Sohaku é um grande nome do karate. Mas para entrar na lista, o pre requisito foi participação pela Seleção Brasileira em algum evento oficial (panamericanos, sulamericanos ou mundiais) Um abraço!

Jose Starling disse...

Esta lista está perfeita, pois são os dez melhores. Se fosse uma lista dos 15, 20 ou mais, aí sim, poderiam constar nomes de outros. Convivi com todos eles e lutei com Ronaldo Carlos (1975), Denilson Caribé (1971), Paulo Goes (1975), Watanabe (1972), Juarez Alves (1977), Ricardo D'Elia (1977) e Fernando Pinto (1975 e muitas vezes em BH). Todas lutas excelentes com excelentes lutadores. Parabéns a todos. OSS ZZStarling Kenyu Ryu

Jayme Sandall disse...

José Starling, excelente comentário!

Jayme Sandall disse...

ESCLARECIMENTO:
Pessoal, a todos que lerem esse tópico e desejarem comentar:
Essa lista leva em conta os resultados como ATLETAS.
Obviamente existem inúmeros grandes mestres e professores que fazem e fizeram parte da História do karate brasileiro de forma relevante.
Mas minha intenção foi a de tentar escolher os maiores atletas da época da Geração de Ouro (período antes de 1986 - antes da divisão do karate)

Para isso, levei em conta três fatores:
1) as inúmeras matérias de jornais das décadas de sessenta, setenta e oitenta a que tive o prazer de ter acesso;
2) os depoimentos de pessoas que vivenciaram todas as competições nesse período dourado do karate brasileiro, como os mestres Tanaka, Machida, Sasaki, Watanabe, Ugo Arrigoni e Flávio Costa, entre outros.
3) Os resultados obtidos nas competições nacionais e internacionais (pela Seleção Brasileira)

Mas a ideia é realmente fomentar essa discussão, fazer com que outros nomes não citados sejam lembrados aqui. Por isso agradeço a todos os comentários.

VAMOS IMORTALIZAR ESSA GERAÇÃO DE OURO!
OSS!