domingo, 14 de março de 2010

Sensei Yamamoto: bicampeão japonês, bicampeão asiático e bicampeão mundial de kumitê


Era a minha primeira competição pela JKA.
Antes da competição, o curso de três dias com um dos maiores caratecas de todos os tempos: Yamamoto (bicampeão japonês, asiático e mundial de kumitê).
O curso foi espetacular, com técnicas próprias dele, e focado exclusivamente para kumite. O ginásio em Belém estava lotado, com lutadores de diferentes federações do Shotokan.
A competição foi muito boa – fiquei entre os oito melhores no kumite individual, perdendo para Lyoto Machida, que acabou sendo campeão, vencendo seu irmão Chinzô na final.
Mas foi no dia seguinte que tive uma experiência única, que não tem preço.
Tive a oportunidade de participar de um treino fechado, na APAM, puxado por sensei Yamamoto, e supervisionado por Machida, tendo como companheiros de treino Chinzô, Lyoto e Eduardo Santos (RJ). Éramos só nós quatro treinando duro, fazendo inúmeras repetições sob o olhar severo do japonês. Yamamoto falava muito pouco, e sua cara ficava permanentemente fechada.
Lá pelas tantas, porém, depois de eu ter feito sei lá quantas vezes o movimento que ele tinha pedido, suando feito um louco no calor abafado de Belém, Yamamoto deu um tapinha nas minhas costas e disse: “good”.
Good. E ponto final.
Em 2008, no Brasileiro JKA de Arujá, tive a chance de fazer novamente um curso com Yamamoto. Muito bom, como o outro. Mas aquele treino fechado na APAM foi único. Um dos melhores treinos que fiz em minha vida.
OSS.

3 comentários:

Bruno disse...

Amigo Jayme,

Parabéns pelas 5 mil visitas. Fico feliz por você.

Continue lutando dentro e fora dos tatames e sucesso sempre!

Abraço do amigo Biguesssssssssss

pintokaratedojo disse...

Ola Jayme, como vai?
Parabéns pelo sucesso do blog, e espero que melhore ainda mais.
Ainda não foi definido se vai haver o mundial da KJA esse ano aqui no Japão, mas caso tenha, vocÇe jutamente com a equiepe Brasileira vai participar?
Um abraço.
Oss!

Jayme Sandall disse...

OSS Pinto San
Acredito que esse ano não vá haver o Mundial, até porque já foi marcado o sulamericano, para o mês de outubro, em Belém (PA).
Creio que o Mundial seja em 2011, e o Brasil mandará delegação, com certeza. Se eu for convocado, vou também.
Grande abraço!